Letras

O graduado em Letras dedica-se ao estudo da língua portuguesa e de idiomas estrangeiros e suas respectivas literaturas. Ele pesquisa e ensina o português, ou outro idioma e sua respectiva literatura, geralmente se especializando em uma língua moderna, como inglês, espanhol, francês e alemão, ou se dedica a línguas clássicas, como latim e grego. Para o licenciado, o principal campo de trabalho está nas escolas de ensinos fundamental e médio ou de idiomas. Há trabalho em editoras, para fazer a preparação de originais e para revisar e traduzir textos, e nas áreas de interpretação e secretariado bilíngue. Análise literária, produção de textos, tradução e pesquisa sobre a evolução e o uso dos idiomas ocupam boa parte da carga horária. Entre as matérias teóricas estão teoria literária, semântica e fonologia, além de língua portuguesa e literaturas portuguesa e brasileira. Em algumas universidades, no vestibular pode-se optar por um ou mais idioma estrangeiro; o aluno escolhe após o ciclo básico. Há escolas que oferecem as duas formações, a de bacharel e a de licenciado – obrigatória para dar aulas, e que exige estágio.

Duração média: 4 anos.

Mercado de trabalho: Há grande atuação na área de tradução e aula aos profissionais envolvidos diretamente com os visitantes estrangeiros. Pode-se atuar como professor particular ou ligado a uma escola de idiomas, assim como pode trabalhar em escolas públicas ou privadas. Empresas também procuram o profissional para ensinar português para funcionários estrangeiros, bem como para cursos de aperfeiçoamento da língua para funcionários brasileiros. Há demanda pela produção de versões ou traduções de textos técnicos e acadêmicos, e para a legendagem de filmes e softwares.

Piso salarial: A média nacional do professor é de R$1.450,00, mas nem todos os lugares oferecem este valor. Como professor em escolas de idiomas ou empresas, o valor oferecido varia muito também por região.

Newsletter

fique por dentro das novidades!