Gastronomia

Mais do que criar pratos com bela apresentação, o bacharel lida com temas como a segurança alimentar, o gerenciamento de funcionários e das finanças de um restaurante. Pode se especializar em confeitaria, panificação ou num tipo específico de culinária, como japonesa, francesa ou vegetariana. Além de acompanhar o dia a dia da cozinha, negocia com fornecedores e desenvolve estratégias de marketing. Planeja cardápios, avaliando a disponibilidade de ingredientes, e entende de bebidas.

Duração do curso: 4 anos

Mercado de Trabalho: O graduado em Gastronomia não está mais restrito à cozinha, como chef. Há diversas frentes promissoras, entre elas a de eventos na área de alimentos, como feiras e festivais gastronômicos, e catering –fornecimento de refeições prontas para companhias aéreas e hospitais, por exemplo.

Salario Base: O recém formado em gastronomia possui uma média salarial de R$ 1.200,00 a R$ 1.500,00.

Newsletter

fique por dentro das novidades!