Física

A profissão estuda a relação entre a matéria e a energia, suas propriedades e as leis que regem sua interação. O bacharel lida com corpos e fenômenos físicos de todas as dimensões, de partículas subatômicas à imensidão do cosmo. Pode especializar-se em diversas áreas, como acústica, astrofísica, física nuclear, desenvolvimento de materiais e médica. Na indústria, cria e aperfeiçoa materiais, produtos e processos. Na área de física médica, desenvolve e aplica tecnologias e equipamentos nucleares e radioativos para diagnóstico e tratamento. Para lecionar nos ensinos fundamental e médio é preciso cursar uma licenciatura. No início, o currículo envolve muita matemática e física básica. A partir do segundo ano, você começa a estudar física avançada, eletromagnetismo, eletrostática, termodinâmica, astrofísica e a fazer muitos experimentos práticos.

Duração média: 4 anos.

Mercado de trabalho: A demanda é grande em escolas públicas e particulares e cursinhos, em todo o país. Outra opção é estender os estudos na pós-graduação e seguir carreira acadêmica. Nas instituições financeiras, indústrias e departamentos de tecnologia da informação de grandes empresas buscam recém-formados.

Piso salarial: O ganho inicial do profissional na licenciatura é de R$1.800,00, nas redes públicas e particulares e, de R$5.800,00 em universidades. Como consultor de empresas, ou profissional independente pode chegar a R$9.000,00.

Newsletter

fique por dentro das novidades!