Aluno do Cursinho Solidário comenta sobre estudo e a chegada das provas

O depoimento dessa vez é de Eros Maurílio, nosso aluno desde o início do ano irá fazer o vestibular para o curso de Psicologia.

Como outros estudantes, o vestibulando está se dividindo entre a escola regular e o Cursinho Solidário, ele termina esse ano o último ano do Ensino Médio.

A rotina de estudos do futuro psicólogo é um pouco variada, ele faz os trabalhos e tarefas do colégio, após isso estuda as aulas do dia anterior. Quando percebe que não está mais prestando atenção ou está cansado, Eros faz algumas pausas. Ele gosta de usar outras ferramentas para estudar, como assistir conteúdo online e assistir vídeos sobre atualidades, com o objetivo de ajudar em sua redação.

“E também tem os intervalos que eu faço, quando já não estou mais conseguindo prestar atenção ou conseguindo entender o conteúdo, dou uma pausa e vou assistir alguns vídeos”.

Em sala de aula, o jovem faz anotações em folhas separadas e depois as organiza com a matéria do dia. Muitas vezes as anotações são feitas em alguns espaços da própria apostila.

A ansiedade não é pelas provas em si, mas pela aproximação do fim, ele não se sente nervoso com a chegada dos exames.

“Estou mais ansioso para acabar logo do que nervoso pela prova em si, até algumas semanas através estava com alguns problemas de saúde”.

Mesmo sem experiências com as provas antigas, Eros já sabe como elas funcionam e se prepara através dos simulados que ocorrem ao longo do ano.

“Já dei uma olhada e sei como funciona, mas só fiz os simulados”.

Newsletter

fique por dentro das novidades!